11 sinais de que seu carro precisa de manutenção

Quando você está prestes a pegar um resfriado, já notou que alguns sinais que o antecedem são comuns? Você se sente indisposto, o nariz escorre e os olhos parecem estar irritados. Assim como nós, seres humanos, os carros também emitem alguns sinais quando estão para apresentar um problema.

A luz do óleo acende, a frenagem passou a ter barulho e o automóvel sempre puxa para um dos lados. O que está acontecendo? São esses os sinais que o seu carro emite, o que indica que algo de errado está acontecendo. Diferentemente de nós, que podemos ir a um médico e buscar auxílio na farmácia, o automóvel só tem uma pessoa com quem contar: você, o motorista.

Chegou o momento de ficar mais atento aos sinais transmitidos pelo seu automóvel. Conheça os 11 sinais que mostram que seu carro precisa de manutenção.

1. Luz do óleo acesa

Quando a luz do óleo acende, significa que algo grave está acontecendo no seu automóvel. O motor pode estar prestes a fundir, pode ter acontecido algum entupimento no motor ou a bomba de óleo está com problemas. Isso também pode indicar que está na hora de trocar o óleo. Caso isso aconteça, pare o veículo em um lugar seguro e o mantenha desligado.

2. Barulho durante a frenagem

Se, durante a frenagem, você escuta um barulho agudo que lembra um assobio, o problema pode estar nas pastilhas de freio do seu carro. Quando elas estão desgastadas ou não possuem qualidade suficiente, provocam o barulho citado. As revisões programadas dos fabricantes de automóveis conseguem acompanhar o desgaste das pastilhas, indicando o momento certo de trocá-las.

3. Pedal de freio tremendo

Discos de freio empenados refletem diretamente no pedal, que treme. Quando isso ocorre, é necessário substituir o par de discos. Em alguns casos, essa troca exige a substituição do jogo de pastilhas.

Outros problemas que podem estar relacionados com a trepidação do pedal de freio são: suspensão dianteira com defeito, roda mal encaixada e pneus deformados.

4. Ruídos ao virar o volante

Se o ruído for identificado ao virar o volante para qualquer um dos lados, o problema pode estar na bomba da direção hidráulica. Caso ocorra ruído somente quando você esterça o volante para um dos lados, o problema pode ser encontrado na caixa da direção hidráulica.

Outro problema relacionado com ruídos ao virar o volante está na baixa quantidade ou falta de óleo no motor. Isso pode ter ocorrido por um vazamento que, caso não seja reparado a tempo, pode prejudicar a bomba de óleo e a caixa da direção hidráulica.

5. Volante que trepida mesmo em ruas bem niveladas

Existem alguns motivos que provocam a trepidação do volante. O primeiro deles acontece ao pisar nos freios. A relação entre o pisar nos freios e a trepidação no volante está nos discos de freio, que podem estar empenados ou com uma folga entre seus pivôs e terminais de direção.

Se a trepidação no volante acontece a medida em que você aumenta a velocidade do seu carro, o problema pode estar nas rodas, que precisam passar por um processo de balanceamento. Caso identifique que a trepidação no volante é em decorrência de pneus desgastados ou deformados, substitua-os por novos.

6. O automóvel sempre puxa para um dos lados

Sinal clássico de que o carro precisa de alinhamento. Antes de procurar pelos serviços da rede autorizada do fabricante de seu automóvel, faça uma verificação rápida na calibragem dos pneus. A calibragem ideal dos pneus de seu carro está no manual do proprietário.

7. Motor do carro falhando constantemente

A falha no motor pode ser sinônimo de diversos problemas, como por exemplo: combustível de má qualidade, cabos de velas. Sendo assim, não tome atitudes precipitadas, como a de trocar os bicos injetores, pois com a tecnologia atual, eles não são mais os responsáveis pela maioria das falhas que ocorrem ao dar partida no automóvel.

8. Luz da injeção eletrônica acesa

O acendimento da luz de injeção eletrônica indica problemas em algumas partes do veículo: bicos injetores, falhas em sensores ou a indicação de que o combustível é incompatível com o motor — exemplo de adulteração. Assim que descobrir e resolver o problema, o normal é que essa luz apague. Caso ela continue acesa, procure pelos serviços da rede autorizada de seu veículo e peça uma leitura com escaneamento.

9. Aquecimento do motor acima do normal

O superaquecimento do motor pode levá-lo a fundir. Para que ele não aqueça tanto, a ventoinha do radiador faz o papel de ventilação. Observe se ela trabalha constantemente ou se apresenta algum comportamento incomum, como a produção excessiva de barulhos.

10. Odores vindo da saída do ar-condicionado

Quando bate um cheirinho ruim vindo das saídas do ar-condicionado, isso significa que seu carro precisa de manutenção e limpeza nesse sistema. Tudo começa com a troca do filtro, que é comum e deve ser feita depois de um tempo de uso. Após a troca do filtro, é necessário fazer uma higienização com um spray próprio para isso. Ele é capaz de desobstruir os dutos do ar-condicionado e permitir que a circulação seja feita de maneira normal.

11. Ruídos ao passar por buracos e lombadas

Ao passar por buracos e lombadas, seu automóvel faz um barulho quando isso acontece? Isso pode ser sinal de que as molas ou os amortecedores precisam ser substituídos. Problemas na suspensão ou nos amortecedores provocam instabilidade no veículo, além de um desgaste maior nos pneus. Fora o prejuízo financeiro, você corre mais riscos de sofrer um acidente.

O uso do automóvel, por mais que não seja constante, provoca desgastes em sua estrutura e componentes. Quem não gosta de contratempos deve optar sempre pela prevenção, que nesse caso, se dá por meio da revisão programada. Ao optar pela manutenção preventiva e um maior cuidado com o seu carro, todos ganham: o seu bolso, a sua segurança e o meio ambiente.

E então, já sabe identificar quando o seu carro precisa de manutenção? Fique atento e faça a manutenção preventiva do seu automóvel para evitar que esses problemas venham a aparecer. Curta nossa página no Facebook e fique por dentro de todas as nossas novidades!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"