6 cuidados indispensáveis para comprar carros importados

A paixão do brasileiro por automóveis é indiscutível e, consequentemente, o desejo de comprar carros importados. Seja por causa da resistência, do conforto ou do luxo, o mercado de automóveis importados virou sonho de consumo de muitos motoristas no Brasil. Apesar de décadas atrás ser algo raro por aqui, hoje em dia é totalmente possível.

Quando se trata de comprar automóveis importados, a boa aparência do carro pode enganar. Portanto, para concretizar esse sonho é necessário prestar bastante atenção na hora da compra e alguns detalhes precisam ser observados atentamente para evitar prejuízos e decepções com o tão desejado carro importado.

Afinal, você sabe o que é preciso levar em consideração ao comprar um veículo importado? Neste artigo, vamos listar alguns cuidados indispensáveis na hora da compra. Confira!

novos
  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn

1. Escolha modelos zero ou com menos de 50 mil km rodados

É normal que, ao pensar em economizar com manutenção e outros gastos, surja a ideia de comprar um carro importado zero quilômetro, já que assim ele estará na garantia da concessionária e você vai evitar o perigo de ter algum problema logo nos primeiros meses da compra do carro.

Porém, em épocas de crise financeira, comprar carros seminovos é um ótimo negócio, principalmente ao comparar com o alto preço de um importado novo. Portanto, comprar um automóvel usado é uma boa opção, mas é aconselhável sempre adquirir modelos que tenham, no máximo, 50 mil quilômetros rodados.

Vale lembrar que carros antigos são mais propensos a sofrer com problemas mecânicos e, na maioria das vezes, é bastante difícil encontrar peças para eles. Além disso, veículos mais atuais possuem sistemas mais modernos, além de peças e acabamentos mais resistentes e duradouros.

2. Conheça a disponibilidade de peças de reposição antes de comprar carros importados

No meio automobilístico é muito comum se deparar com comentários desencorajando a compra de carros importados por causa da dificuldade em encontrar as peças para a manutenção. De fato, ao escolher um veículo importado é necessário estar atento ao modelo que você deseja levar para casa, pois a disponibilidade das peças é um cuidado importante.

Esses comentários são comuns porque encontrar peças para veículos importados realmente é mais difícil do que encontrar para modelos populares. Entretanto, existem modelos de carros importados que têm uma maior disponibilidade de peças, portanto, ao saber disso você deve se planejar e evitar futuros problemas envolvendo a disponibilidade de peças do seu automóvel.

É fundamental pesquisar e analisar o máximo de informações sobre cada veículo que despertar seu interesse. Além do preço, que é provavelmente o fator mais impactante, é importante averiguar o valor das manutenções do carro para, dessa forma, optar por um modelo que tenha uma revisão mais barata.

Vale a pena conhecer o mercado e evitar os modelos que não venderam muito bem ou tiveram uma passagem rápida pelo Brasil, pois as revisões nesses casos são mais difíceis e têm um valor muito maior.

Além disso, vale lembrar que alguns componentes devem ser encomendados no exterior e podem demorar algum tempo para chegar aqui. Portanto, ao comprar um carro importado é preciso se preparar para ficar uns dias sem o automóvel caso ele precise de manutenção.

3. Faça o test-drive

É crucial realizar o test-drive antes da compra. É nele que você terá a primeira experiência com o carro, por isso, é necessário ser bem criterioso. Tente avaliar pontos como conforto, potência e dirigibilidade. Além disso, tente dirigir por estradas diferentes, para testar o veículo em possíveis irregularidades.

Se você busca por um carro usado, algumas lojas possibilitam que você realize um test-drive prolongado com o próprio veículo e, caso você perceba que o carro dos seus sonhos não é o que você esperava, procure outras opções e teste todas as possibilidades.

4. Procure a opinião de outros proprietários

Mesmo que você procure em revistas, sites especializados e concessionárias, nenhuma opinião pode ser tão sincera e imparcial quanto a de quem já teve ou ainda tem o veículo que você deseja, certo?

É possível encontrar fóruns na internet em que proprietários de vários veículos trocam informações sobre os modelos que têm. É aconselhável ler as opiniões e conhecer os aspectos positivos e negativos do veículo que você quer adquirir. Além disso, esses fóruns são ótimas fontes de dicas de manutenção e oficinas de confiança, por exemplo.

5. Verifique o histórico do veículo

Se você vai comprar um carro seminovo, o ideal é levar com você um mecânico de confiança para que ele possa avaliar as condições do veículo e informar se o veículo tem sinais de acidentes graves ou defeitos ocultos que podem passar despercebidos.

É indicado comprar um seminovo em uma concessionária, pois assim você é resguardado pelo código de defesa do consumidor e tem a quem recorrer caso ocorra algum problema. Também vale a pena analisar com cuidado a documentação e consultar o histórico do carro no DETRAN.

6. Analise o estado de conservação do automóvel

Mesmo que não tenha passado por um acidente grave, muitas vezes o veículo não está em bom estado por descuido do proprietário. A primeira coisa que deve ser observada é o manual do automóvel, já que lá está registrado se todas as revisões indicadas pela montadora foram realizadas. Pode parecer um detalhe, mas isso é um sinal de quão bem cuidado o veículo foi.

Verifique também se o carro tem extintor, macaco, chave de rodas e estepe em boas condições de uso. Veja se há algum vazamento embaixo do automóvel, se há queima excessiva de óleo no motor ou se existe a presença de manchas escuras no escapamento.

Confira o estado dos pneus: o desgaste pode indicar problemas com a suspensão do automóvel ou a falta de alinhamento das rodas. Vale lembrar que pneus carecas ou com mais de 60 mil km rodados precisam ser substituídos, já que sua utilização pode trazer risco à segurança.

Ficar cauteloso sobre esses tópicos diminui bastante a chance de você enfrentar problemas ao comprar carros importados. Tomando os cuidados que citados neste post, é possível comemorar em grande estilo a realização desse sonho!

Então, gostou do nosso conteúdo? Aproveite e compartilhe este post em suas redes sociais!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"