Adeus martelinho de ouro! Veja os cuidados para preservar a funilaria do carro

A pintura é o cartão de visitas do seu automóvel. Portanto, para que você mantenha o seu veículo sempre bonito e valorizado, é preciso cuidar muito bem dela. Desde a limpeza regular até os cuidados com a funilaria do carro, tudo é importante para preservar o seu bem.

Cuidar do carro não significa apenas fazer uma lavagem nos fins de semana. É preciso ficar atento ao desgaste da pintura e buscar formas de mantê-la sempre viva e brilhante.

E, não menos importante, em caso de serviços de funilaria, é necessário tomar cuidado com o tipo de oficina que você vai escolher. Veja a seguir dicas essenciais para cuidar bem da pintura do seu carro!

1. Aplique cera automotiva regularmente

A cera automotiva protege a pintura contra sol, chuva e outras condições climáticas prejudiciais ao veículo. O produto também é capaz de disfarçar pequenos riscos, além de reavivar o brilho do carro.

Não há um prazo correto para a aplicação de cera, mas o ideal é que você não deixe de realizá-la por um período maior do que seis meses. Para encerar o carro, lave e seque toda a carroceria antes. Depois, aplique a cera com o veículo estacionado à sombra.

2. Faça uma revitalização anual da pintura

Mesmo aplicando cera regularmente, a pintura pode perder o brilho com o tempo, deixando o carro com um aspecto de velho e mal cuidado.

Par evitar isso, você pode procurar uma empresa especializada em revitalização de pintura. Além de cobrir eventuais arranhões, você ainda recupera o brilho original do carro. O serviço pode ser feito uma vez por ano, especialmente no caso de cores mais escuras.

3. Não utilize adesivos

A cola dos adesivos é muito aderente e, como a lataria esquenta bastante com o sol, os resíduos acabam ficando presos, mesmo após a retirada do material. Para remover o restante da cola, é preciso aplicar produtos agressivos, que podem estragar a pintura do carro de forma definitiva.

Portanto, evite utilizar adesivos a todo custo. Se for muito necessário, procure por materiais que possam aderir à lataria com um imã, mas fuja dos das colas.

4. Cuide com pequenos consertos

Muitas vezes, com o uso, o carro pode ganhar pequenos arranhões na lataria. Dependendo do tamanho, pense bem se vale a pena consertá-los.

Arranhados de pouca relevância não costumam ser problema na hora de vender o carro. Porém, ao contrário, um conserto mal feito pode ajudar a desvalorizar o veículo, já que o interessado passará a desconfiar da extensão do dano.

5. Conheça a oficina que fará a funilaria do carro

Serviços de funilaria geralmente são muito profundos e precisam ser bem feitos. E existem muitos casos de pessoas que providenciam o conserto de seus carros em oficinas de reputação ruim e acabam tendo problemas com o automóvel. Além, é claro, da desvalorização que sofrem.

Portanto, aproveite os recursos que a Internet oferece e pesquise bastante sobre as oficinas nas quais pretende consertar o seu carro antes de tomar qualquer decisão.

E se você ainda tem dúvidas do quanto a funilaria do carro é um item importante, fique um pouco mais aqui no blog e conheça os principais fatores de desvalorização de um veículo

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"