Afinal, ainda vale a pena investir em um GPS automotivo?

Nos últimos anos, a tecnologia de navegação eletrônica sofreu profundas alterações e se tornou muito popular entre os motoristas. Hoje em dia, um telefone é capaz de funcionar como um GPS, e os carros já estão sendo fabricados com sistema de navegação integrado à central multimídia.

Estes foram dois grandes avanços, que chegaram e colocaram em xeque a utilidade e o custo-benefício dos tradicionais aparelhos de GPS automotivo.

Apesar da grande concorrência vinda dos smartphones e centrais integradas, esses dispositivos têm qualidades suficientes para justificar a sua aquisição. Eles dispõem de algumas vantagens para os motoristas, principalmente para quem não quer consumir a franquia de internet e, ainda, deixar o telefone menos sobrecarregado.

Confira o post que preparamos e descubra por que ainda vale a pena investir em um GPS automotivo!

Mapas integrados e atualizados

Sem dúvida, os mapas dos GPS de celulares são bem completos e confiáveis, porém, como você já deve saber, a cada nova rota traçada pelo usuário, é necessário realizar um pequeno download automático do mapa e da rota.

Este procedimento consome memória do aparelho e só pode ser feito online, ou seja, diga adeus para uma nova rota caso o seu pacote de dados acabe ou fique fora do ar.

Na memória interna do GPS automotivo já estão instalados diversos mapas e rotas. Não é preciso conexão com a internet para achar um novo caminho. As constantes atualizações do software e da base de dados dos aparelhos garantem ao motorista um vasto leque de rotas e destinos.

Pontos de interesse inseridos na memória

As grandes empresas fabricantes de GPS fazem um vasto estudo sobre as localidades inseridas em seus mapas. Os destinos mais populares são recheados de pontos de interesse, que podem ser acessados da mesma forma que os mapas, sem precisar de acesso à internet.

Algumas marcas têm números espantosos de pontos de interesse em seus sistemas, o que transforma o aparelho em um miniguia de turismo.

Possibilidade de conexão com o celular

Sim, apesar de os celulares representarem um grande concorrente no mercado de navegação automotiva, é importante que haja a conexão entre eles.

Por isso, alguns dispositivos têm conectividade bluetooth e podem funcionar como uma extensão do seu telefone, fazendo chamadas e servindo de tela auxiliar.

Portabilidade tranquila

Quem viaja para fora do Brasil sabe que é mais difícil contar com internet móvel, seja pelo preço do serviço ou pelas restrições de contrato. Os GPS são mais versáteis e não dependem desse tipo de burocracia para funcionar longe de casa. Basta conectar o sistema, atualizar o mapa e o GPS estará pronto para ser usado.

Se o seu carro não tem esta função integrada, vale a pena considerar a compra de um GPS. Eles são uma alternativa segura para o uso do sistema de navegação (lembre-se das multas para quem é pego mexendo no celular ao volante) e contam com uma versatilidade que os celulares não conseguem entregar, ainda mais para quem vai muito ao exterior.

Se você gostou das dicas, compartilhe este post nas suas redes sociais para que mais pessoas conheçam as vantagens de adquirir um GPS automotivo!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"