Afinal, como funciona um localizador de veículos?

A segurança tem se tornado um fator cada vez mais importante para a vida moderna. Uma das maiores formas de termos segurança em relação aos nossos veículos é a presença de um localizador ou rastreador veicular.

Vamos entender sobre seu funcionamento e quais os benefícios de cada tipo de localizador no post de hoje. Continue a leitura e saiba mais!

Como funciona o localizador de veículos?

Ao contratar um serviço de monitoramento, a empresa responsável faz a instalação do localizador em seu veículo. Esse aparelho informa por sinais de GPS (Global Position System) ou de rádio a latitude, longitude e direção do veículo.

Com um chip, as informações são enviadas em tempo real a uma central, que decodifica e converte esses dados em um endereço. Esse sinal é atualizado a cada 30 segundos. Com o veículo ligado, o rastreador manda as informações de localização e velocidade para o sistema, o que possibilita seu monitoramento pela internet.

GPS x rádio

GPS funciona com uma rede de 24 satélites que orbitam nosso planeta. Pelo menos quatro deles estão sempre aparentes, não importando a região em que você esteja. Localizadores que utilizam esse sistema são indicados para aqueles que viajam constantemente.

Se ele funcionar por radiofrequência, os sinais são enviados a uma rede fixa de antenas. Essa forma permite a localização fácil do veículo, mesmo que ele esteja em local fechado ou coberto. Nesse sistema não existem muitas ocorrências de interferência, por isso é indicado para quem circula mais dentro de centros urbanos.

Quais as vantagens do localizador de veículos?

1. Segurança ao proprietário

Com o veículo monitorado, é possível tomar atitudes à distância com relação a mudanças de rota e a roubos. Nos casos de roubo, consegue-se saber inclusive para onde o veículo foi levado. Em 98% desses casos, os veículos com rastreador são encontrados.

Em situações de perigo, o motorista consegue alertar a central usando um botão de pânico, localizado em local secreto. A central pode informar sua localização à polícia ou até mesmo desligar o motor do veículo. Imagine um caso de sequestro: com a localização do veículo, a vítima é automaticamente encontrada, possibilitando seu resgate.

2. Seguro mais barato

A presença de um localizador em seu veículo pode diminuir até 25% do valor de um seguro automotivo. Com o sistema existe uma garantia maior de busca e recuperação de um veículo roubado.

Sem o rastreador as seguradoras têm um prazo de 30 dias para achar ou não um veículo, e em caso de carros financiados não encontrados, o investimento é devolvido apenas parcialmente para o comprador.

3. Possibilidade de monitoramento de entregas

Empresas de transporte, táxis, carros-fortes e afins precisam monitorar suas frotas. Com o localizador uma empresa pode verificar se um motorista está cumprindo a rota programada ou se uma carga chegou com segurança ao seu destino.

4. Uso do recurso de “cerca eletrônica”

Esse recurso permite que o dono do carro delimite qual é a área segura para circulação do veículo. Ultrapassado esse limite, o proprietário é informado por e-mail ou mensagem de celular.

5. Bom custo-benefício

O localizador de veículos representa uma segurança que não pesa tanto no bolso. Seu preço não varia de acordo com o uso ou o modelo do veículo, mas sim, com o pacote de serviços que você quer contratar. A forma de rastreamento (GPS ou rádio) também altera o preço final.

Lembre-se: só porque você tem localizador de veículos instalado, não significa que você não deva contratar um seguro, afinal, segurança para sua vida e seu patrimônio nunca é demais!

Gostou das dicas? Então, siga a Honda HPoint nas redes sociais e não perca nossas atualizações. Estamos no FacebookTwitter e Flickr!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"