Ar-condicionado de carro: 6 cuidados para o bom funcionamento

O sistema de ar-condicionado torna o tráfego diário muito mais agradável e seguro. Afinal, ele mantém o ambiente em temperatura confortável e possibilita realizar as rotas com as janelas fechadas, o que aumenta a segurança contra um possível abordamento nas ruas. Além disso, ele também é útil nos dias chuvosos, visto que não deixará o seu vidro ficar embaçado.

Com tantas vantagens, comprar um carro com ar-condicionado é imprescindível. E, como todo componente de um veículo, ele precisa de manutenções periódicas e cuidados básicos. Saiba como manter o ar-condicionado de carro em boas condições com as nossas 6 dicas no post de hoje!

Como manter meu ar-condicionado funcionando bem?

1. Utilize o sistema com frequência

Um sistema que é utilizado raramente pode manter a umidade em seu interior, o que propicia o crescimento de fungos e bactérias e o acúmulo de poeira. Dessa forma, quando o ar for ligado, pode apresentar um odor desagradável, além de afetar a qualidade do ar que é jogado para o interior do veículo.

Além disso, a não utilização faz com que as borrachas do sistema sequem e deixem de fazer uma boa vedação, permitindo o escape de gás refrigerante. Desse modo, é interessante utilizar o ar-condicionado de carro no mínimo duas vezes por semana por cerca de 10 minutos e realizar a troca do filtro.

2. Efetue a recarga de gás quando necessário

O gás do sistema é usado para refrigerar o ar que o ar-condicionado filtra. Porém, ao longo dos anos, o gás escapa aos poucos, o que pode deixar o seu carro sem um sistema de refrigeração eficaz. Para evitar esse problema é preciso repor o gás a cada dois ou três anos.

3. Invista em produtos para manutenção do ar-condicionado de carro

É possível fazer a higienização do ar com um spray para matar bactérias e fungos presentes no sistema e suas tubulações. Esse produto pode ser facilmente encontrado em lojas especializadas de veículos ou até em supermercados, custando cerca de R$25,00. Normalmente a recomendação é aplicá-lo com os vidros fechados e o ar-condicionado no máximo, no modo recircular.

4. Esteja atento a barulhos estranhos e possíveis vazamentos

As avarias mecânicas podem acometer o sistema e impedir o bom funcionamento do seu ar-condicionado. Como exemplo podemos citar a avaria do condensador, a não lubrificação do compressor e o não funcionamento das válvulas. Normalmente, esses problemas podem produzir barulhos estranhos.

Além disso, é comum que sistemas de refrigeração tenham um tubo de drenagem para deixar escapar a umidade do ar. No entanto, se você notar poças de água com frequência embaixo do carro é preciso procurar se há algum vazamento no sistema do ar-condicionado.

Nessa situação é preciso procurar um técnico especializado e evitar o seu uso.

5. Providencie a limpeza do ar

É essencial que o sistema de ar-condicionado passe por uma limpeza a cada seis meses. Esse processo deve ser feito independente da frequência de uso ou do tipo de equipamento. Afinal, sem a manutenção adequada fungos e bactérias podem se proliferar, atrapalhando a qualidade do ar e causando doenças.

Normalmente a limpeza do ar-condicionado é feita nas revisões, por uma equipe especializada que, além de realizar a limpeza, verificará as condições do filtro de ar, das grades, da tubulação e substituirá itens danificados. Além disso, a limpeza também conta com produtos especiais para esse tipo de sistema, o que garante a qualidade do serviço e sua maior duração.

6. Limpe ou troque o filtro de ar

O filtro de ar retém em seu interior todas as impurezas do ambiente externo, deixando puro o ar dentro do veículo. Além disso, ele impede que as peças e o motor do carro sejam danificadas, uma vez que não deixa poeiras e demais sujeiras chegarem até elas.

Não existe um prazo correto para realizar a troca do filtro de ar, mas é necessário que ele seja analisado a cada seis meses. Isso porque a sua duração dependerá da frequência de uso e se o veículo roda por vias com muita poluição.

Um filtro de ar limpo é totalmente branco. Com o uso, ele adquire uma cor acinzentada ao preto. Se, após sua limpeza ele não retornar ao branco ou apresentar manchas escurecidas, é necessário substituí-lo, comprando um novo filtro.

Para descobrir a sua localização é preciso consultar o manual do fabricante. Porém, na maioria dos veículos ele fica dentro da cabine, sendo necessário retirar o painel. A dica é prestar atenção ao retirar as peças, visto que será necessário remontá-las.

É importante salientar que um filtro de ar sujo, além de interferir na qualidade do ar, pode fazer com que o sistema fique sobrecarregado, uma vez que impede o fluxo correto de ar e reduz o seu rendimento.

Dessa forma é imprescindível trocá-lo ou realizar a sua limpeza.

Quais são as práticas negativas que aumentam os problemas e diminuem a vida útil do ar?

Primeiramente, é preciso ligar o motor e esperar cerca de 25 segundos para ligar o ar. Além disso, antes de desligar o automóvel é preciso desligar o ar-condicionado primeiro. Esse procedimento aumenta a vida útil da bateria do carro, visto que o equipamento ligado demanda ainda mais energia para fazer o carro ligar.

O ar também não deve ser ligado quando o motor do carro se encontra em alta rotação, pois é possível que essa atitude cause desgastes em seus componentes. Além disso, se o seu carro ficou exposto por muitas horas ao sol quente, evite entrar em seu interior e ligar o ar-condicionado no máximo. Essa prática pode sobrecarregar os componentes e diminuir sua vida útil. Sendo assim, abra as janelas e espere que o ar quente circule um pouco antes de ligá-lo.

Outra dica importante é não utilizar o botão de recircular demasiadamente. Isso porque a falta de ar renovado pode ser nociva a saúde do motorista e seus passageiros, além de afetar a estrutura interna do carro.

Dessa forma, podemos concluir que a palavra-chave para manter o bom funcionamento de ar-condicionado de carro é a manutenção, constante e preventiva. Realizando-a de forma periódica, o proprietário do veículo garante maior durabilidade do sistema de refrigeração e ar gelado por um período maior.

Quer receber mais notícias do mundo automotivo? Assine a nossa newsletter e receba, diretamente em seu e-mail, mais dicas e artigos sobre carros!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"