Confira nosso guia com os melhores carros japoneses

Mesmo quem não é aficionado por carros, nem conhece com detalhes o universo do automobilismo, sabe o poder que os melhores carros japoneses têm em todo o mundo.


Nossos amigos asiáticos, certamente, dominam a arte de produzir automóveis. Prova disso é que o Japão se transformou no berço da indústria de carros moderna e exporta para todos os territórios do nosso planeta — tanto os seus veículos quanto as suas empresas.

Além disso, as fabricantes Honda e Toyota dominaram o ranking dos 10 carros mais vendidos no primeiro quadrimestre de 2019, segundo a revista Autoesporte.

Os melhores carros japoneses são capazes de unir modernidade, segurança, velocidade, durabilidade e engenharia em um único veículo. Quer conhecer quais são os mais incríveis entre os incríveis? Nós temos um guia completo. Confira agora mesmo!

 

Honda Civic

Um carro que chega em sua décima geração como um grande sucesso de vendas merece o nosso respeito, não é mesmo? O Civic, em 2019, já figura como o terceiro carro mais vendido (na pesquisa que apontamos no início deste artigo),

e sua última geração aposta em uma mudança expressiva no estilo, contribuindo com quesitos como jovialidade e esportividade.

Honda Civic Si

O Honda Civic Si: com design coupé e agressivo, a linha uniu um instinto esportivo à tecnologia e detalhes feitos exclusivamente para uma lenda viva sobre quatro rodas. Tudo sem deixar de lado a alta performance e a boa experiência de dirigibilidade.

Toyota Corolla

Quem se atenta ao design ou busca fatores diferenciados em um automóvel se pergunta o que esse exemplar da Toyota tem de tão especial, já que, à primeira-vista, ele nem é tão impressionante assim.

E a resposta pode estar exatamente aí: o Corolla foi (e tem sido) desenvolvido para aquele consumidor que busca um carro excelente, mas que ainda seja apenas um automóvel. 

Seu design externo não o compromete e não o deixa “antigo” com facilidade, diferentemente dos modelos arrojados demais. Seu interior também é limpo, sem exageros. Por fim, a sua qualidade e confiança são inquestionáveis por motoristas de todas as idades.

Honda CR-V

 

No mercado desde 1995, o SUV médio da Honda já é um dos automóveis mais tradicionais do seu segmento. O CR-V ocupa a posição de número 5 entre os 10 carros mais vendidos em 2019 e é o 8º carro mais popular do planeta.

Ou seja, se você ainda reparou, na próxima vez que sair às ruas perceba quantos deles vai encontrar pelo caminho.

Honda Fit

O compacto da Honda faz sucesso no Brasil. Tanto que a sua terceira geração foi lançada em nosso país antes de ter a comercialização inicializada nos EUA e na Europa.

Atualmente, o Fit teve a sua quarta geração apresentada no Salão de Tóquio, mas gerou dúvidas sobre a aceitação que a nova estética terá por aqui: o monovolume apresenta traços arredondados, delgados e, até mesmo, lúdicos.

Uma das grandes novidades esperadas são os boatos de uma versão híbrida, além de muita tecnologia: controle remoto de funções do veículo via aplicativo de celular, assistência para emergências e serviços gerais, controle de cruzeiro adaptativo, leitura de faixa e frenagem autônoma emergencial.

O painel e o interior seguem minimalistas e o espaço bastante atrativo. Como todo bom carro japonês, mas avaliado por um brasileiro, o Fit é feito para quem não quer dor de cabeça e busca liquidez e revenda rápida.

Honda NSX

Para finalizar a nossa lista dos melhores carros japoneses, temos o superesportivo NSX. O modelo não é exatamente desenvolvido para circular pelas ruas brasileiras, mas não custa sonhar — e admirar.

Por falar em admirar, um dos grandes fãs dessa máquina era ninguém menos que Ayrton Senna. O piloto tinha dois deles em sua garagem, em Portugal, e afirmava que o Honda NSX era o melhor carro de estrada que ele já conduziu.

Respeitado por toda a comunidade dos amantes de carro, a Ferrari Japonesa teve a sua versão 2019 lançada um ano antes, em 2018. As atualizações, segundo a própria montadora, foram realizadas para melhorar (ainda mais) o desempenho, o conforto e as emissões de CO2.

Por um lado, a direção e o controle de estabilidade deixam o carro mais suave para o dia a dia, e os pneus — desenvolvidos especialmente para o NSX — melhoram a aceleração e a frenagem. Por outro lado, ele ganhou um acelerador eletrônico, que conseguiu baixar o tempo do veículo em dois segundos no circuito japonês de Suzaka. São 100km/h em 2,9 segundos, com máxima de 305 quilômetros por hora.

Agora que você já conheceu com mais detalhes os melhores carros japoneses, pode perceber porque as montadoras ocidentais são mesmo imbatíveis quando o assunto é automobilismo. Os japoneses realmente cuidam de todos os detalhes (especialmente os que realmente importam) e seguram a mão na hora de interferir na parte estética, deixando, dessa forma, os modelos com um visual bastante limpos.

 

E então, quer ter toda essa qualidade e segurança japonesa em um carro para a sua família? A Honda HPoint pode te ajudar neste escolha, fale agora mesmo com um de nossos consultores e solicite um orçamento. Será um prazer atendê-lo!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"