Conheça os principais lançamentos automotivos do segundo semestre de 2016

Apesar de as vendas serem as menores dos últimos anos, o mercado automobilístico continua tentando se renovar por meio de lançamentos e relançamentos que sejam mais compatíveis com as expectativas do consumidor.

As principais fabricantes de carro do país já lançaram alguns modelos no primeiro semestre, porém deixaram para este segundo — quando ocorre o Salão de São Paulo — as grandes novidades de 2016.

Conheça os principais lançamentos automotivos do segundo semestre de 2016!

1. Honda Civic

A décima geração do Honda Civic superou as expectativas de consumidores e especialistas. Por fora, ele ganhou limpador de para-brisa com sensor de chuva, que é automaticamente acionado em dias chuvosos, assistente de redução de pontos cegos, teto solar com função antiesmagamento e porta-malas com acionamento interno.

Por dentro, o novo Honda Civic apresenta um motor turbo com 173 cavalos de potência, injeção direta e duplo comando de válvulas que permitem uma boa eficiência no consumo de combustível. Ele também tem piloto automático que ajuda a manter a velocidade, painel digital em alta resolução, botão para partida sem chave, câmbio automático CVT e paddle shift de sete velocidades.

Além disso, o Honda Civic conta com ar-condicionado digital automático e sistema de áudio com 180W, composto por quatro alto-falantes e quatro tweeters.

O novo Honda Civic está disponível em quatro versões e seu preço inicial parte de R$ 87.900,00.

2. Cherry Tiggo X3

Apresentado no Salão de Pequim e com previsão de chegada para o final do ano, o Cherry Tiggo X3 será produzido no Brasil, na fábrica de Jacareí — estado de São Paulo. Esse SUV compacto, que é feito na mesma base de produção do Celer, possui uma identidade própria que traz a nova linguagem de design da marca.

Seus faróis possuem iluminação LED, inclusive com luz diurna, além de lanternas de posicionamento no para-choque. As rodas possuem 17 polegadas e são de liga leve, dando um ar mais robusto ao SUV. Seu motor será o mesmo do Celer, capaz de produzir 109 cavalos com gasolina.

Os preços desse lançamento ainda não foram divulgados.

3. Hyundai Tucson

Visto camuflado pelas ruas, avenidas e estradas brasileiras, o novo Hyundai Tucson teve sua terceira geração apresentada no Salão do Automóvel de Genebra, na Suíça. Seu visual é bem diferente dos modelos vendidos atualmente pela Hyundai no Brasil.

Nesse novo modelo, que ainda não teve o nome confirmado no Brasil, os faróis estão mais afilados e a grade segue a nova identidade visual da marca, sendo hexagonal. Seu estilo é mais parecido com o do Hyundai HB20. Seu motor será o 1.6 turbo, que nos Estados Unidos alcança impressionantes 176 cavalos.

A Hyundai ainda não informou os preços para esse modelo.

4. Nissan Kicks

Antes mesmo de sua estreia em nosso país, tivemos a oportunidade de acompanhar o Nissan Kicks durante o revezamento da tocha olímpica da Rio 2016. Era ele o carro que seguia quem carregava a tocha olímpica pelas ruas e avenidas. Com sua estreia oficial, esse SUV urbano oferece ampla variedade de acessórios para personalizá-lo.

Seus faróis são em LED, as rodas em liga leve, capacidade para cinco pessoas, sistema de navegação, conectividade Bluetooth e USB e amplo display digital com 12 funções. O Nissan Kicks também possui botão de partida sem chave, câmera 360 graus para ajudar a estacionar o carro e assentos com tecnologia Zero Gravity, que otimizam o conforto em viagens mais longas.

Atualmente, o Nissan Kicks está disponível em uma única versão, a SL. Seu preço é de R$ 89.990,00.

5. Renault Kwid

Lançamento da Renault para este segundo semestre de 2016, o Kwid é um aspirante a mini-SUV que terá um motor 1.0 de três cilindros e que alcançará, no mínimo, 75 cavalos em sua versão mais básica. Mais potente do que os irmãos Sandero e Logan, o Renault Kwid vem para substituir o Clio no final deste ano.

Sua apresentação oficial está marcada para o Salão de São Paulo, sendo que suas vendas começam já na sequência. A proposta da Renault é que esse seja o primeiro SUV do consumidor.

O preço inicial do Kwid continua sendo um mistério. O que se sabe é que o lançamento da Renault deve apostar em custo-benefício e não preço baixo.

6. Hyundai IX25

Conhecido em outros países do continente como Hyundai Creta, o IX25 será apresentado oficialmente no Salão do Automóvel de São Paulo. Desenvolvido na Índia, o automóvel será fabricado pela Hyundai em Piracicaba, interior de São Paulo.

A plataforma de produção do IX25 será a mesma do HB20, com tração e suspensão dianteira do tipo McPherson mais eixo de torção na traseira. Sua direção terá assistência elétrica. Em relação ao porte, o IX25 terá dimensões parecidas com veículos como o Renegade e o HR-V.

O preço estimado do Hyundai IX25 está entre R$ 70.000,00 e R$ 85.000,00.

7. Ford Fusion

Recém-chegado às lojas, o novo Ford Fusion vem com duas opções de motorização: 2.5 Flex ou 2.0 EcoBoost. Eles alcançam, respectivamente, 175 cavalos e 248 cavalos.

Por dentro, o novo Fusion apresenta materiais de alta qualidade, com acabamento refinado e bastante espaço interno. Seu sistema multimídia é composto por uma tela de oito polegadas sensível ao toque, que permite controlar diversas funções, entre elas: entretenimento, GPS, telefone e climatização. Esse sistema é compatível com Android Auto e Apple Carplay, possuindo ainda conexão Bluetooth e USB.

O novo Fusion também possui um sistema de estacionamento automático, sistema de partida sem chave, assistência de emergência, alerta de colisão e assistente autônomo de detecção de pedestres.

Os preços do Ford Fusion são a partir de R$ 121.000,00.

8. Honda WR-V

Novo modelo de crossover para o mercado brasileiro, o Honda WR-V está sendo desenvolvido pela fábrica de Sumaré, em São Paulo. Sua produção será feita pela fábrica de Itirapina, também no interior paulista. O lançamento está sendo aguardado para o Salão do Automóvel de São Paulo.

Mais distante de uma configuração urbana, o WR-V é uma versão repaginada do Fit, para que tenha uma pegada mais aventureira. A motorização deve ser a mesma do Fit, com motor 1.5 16V e 115 cavalos com transmissão CVT.

Sobre o seu visual, o WR-V traz mudanças estéticas com relação ao Fit, para que fique com maior robustez. O capô ficou mais alto, assim como os faróis ganharam um novo desenho — com mais agressividade e pegada esportiva. Na traseira, ele também ganha um novo desenho para as lanternas.

O preço estimado para o Honda WR-V está entre R$ 78.700,00 e R$ 99.200,00.

Esses são os oito principais lançamentos automotivos deste segundo semestre. Ficou de olho em algum específico? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e marque os seus amigos que pretendem trocar de automóvel ou comprar um novo nos próximos meses.

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"