Honda Civic ou Corolla: como escolher o melhor para seu perfil

O Brasil tem uma população absolutamente apaixonada por carros. A pesquisa divulgada pela Anfavea, no final de 2018, confirma que os automóveis ainda são o sonho de consumo de muitas pessoas. Afinal, adquirir o veículo próprio é sinônimo de liberdade, conforto e de um verdadeiro salto no padrão de vida.

No entanto, saber qual carro escolher é uma tarefa difícil. Existem diversas variáveis que devem ser levadas em conta, como o orçamento, as características do automóvel e as necessidades do comprador. Este post foi preparado para pessoas que, ao final de suas pesquisas, estão em dúvida entre Honda Civic ou Corolla, da Toyota.

Confira um comparativo entre os dois modelos e faça a melhor escolha!

Preço

No quesito preço, o Corolla leva a melhor em comparação com o Honda Civic. Isso porque é preciso desembolsar cerca de R$ 8 mil a mais para adquirir o modelo da Honda. O Civic Touring custa R$ 124.900, enquanto o Corolla Altis, da Toyota, sai por R$ 116.990. Em outro cenário, o preço sugerido para o Honda Civic EXL é R$ 105.900. Já o Corolla Xei tem um valor sugerido de R$ 99.990.

O Corolla também leva vantagem no preço das revisões, visto que a diferença para o Civic é de cerca de R$ 600 a R$ 800. Além disso, segundo a tabela FIPE, o modelo da Toyota desvaloriza menos que o Honda. Por fim, é importante destacar que o seguro para o Corolla também é tido como mais barato, apesar da pouca diferença.

Combustível

O Corolla é, sem dúvidas, um automóvel que tem boa autonomia. Segundo o INMETRO, a média na cidade é de 10,6km/litro, enquanto, em rodovias, é de 12,6km/litro. Esses dados são para o motor 2.0 de 154 cv e câmbio automático CVT (simula 6 marchas).

No entanto, os resultados para o Honda Civic são ainda mais surpreendentes. Na cidade, as médias foram de 12km/litro e, nas estradas, de 14,6km/litro, também segundo o INMETRO. O motor desse modelo é 1.5 turbo e tem 173 cavalos de potência.

Visual

Muitos acreditam que é impossível defender o modelo da Toyota no tópico estilo. Afinal, apesar da atualização em algumas características, não houve grandes mudanças em seu visual em 11 gerações, que é considerado conservador (ou clássico) e apenas de linhas harmônicas. O modelo atual é tido como uma reestilização do modelo lançado em 2013.

Já a Honda inovou no estilo de seu novo sedã, em semelhança com o que havia sido feito em 2006, com a oitava geração do Civic. A nova geração é mais ousada e jovial, com uma frente agressiva, queda do teto em estilo fastback, traseira de padrão cupê e lanternas em formato de bumerangue.

Dessa forma, o Corolla tem uma imagem nitidamente conservadora, enquanto o Honda Civic tem um visual mais moderno e esportivo.

Porta-malas

O espaço do porta-malas pode ser decisivo para algumas pessoas, principalmente para aquelas que viajam com frequência e querem conforto. Nesse quesito, há vitória do Honda Civic, visto que seu porta-malas tem capacidade para 519 litros, enquanto o modelo da Toyota suporta 470 litros.

No geral, Honda Civic ou Corolla são modelos que suportam uma boa quantidade de bagagem.

Aceleração

Pessoas apaixonadas por velocidade querem, sem dúvidas, um motor potente em seus veículos. Nesse quesito, o Honda Civic é a melhor opção, visto que, além do visual esportista, o sedã da Honda acelera de 0 a 100km/hora em apenas 8,6 segundos, atingindo a velocidade máxima de 221km/hora logo depois.

Embora o Civic ganhe a melhor na aceleração, o Corolla não fica muito atrás. A mesma variação de velocidade é obtida com 1 segundo a mais de diferença. No entanto, a velocidade máxima é de 200km/hora.

Na realidade, o sedã da Honda se mostra uma melhor opção porque transmite mais estabilidade nas curvas e melhor precisão de comandos importantes na estrada, como os freios e a direção, além de ter uma suspensão mais bem ajustada. Ambos os modelos têm direção elétrica.

Parte interna

O sedã da Toyota pode ser classificado como conservador não só na parte externa, mas também na interna. Isso porque o seu interior tem um design mais sóbrio, assim como materiais de boa qualidade e detalhes nas costuras.

O Honda Civic apresenta um visual interno mais interessante e moderno, destacado por alguns como “futurista”. A experiência no volante também é melhor devido ao seu painel moderno, que contém quadro de instrumentos virtual, console elevado e uma alavanca de câmbio mais curta.

O sistema multimídia, item indispensável em um automóvel, deixa a desejar no Corolla. Isso porque sua manipulação é pouco intuitiva e complicada, tornando ações simples, como mudar a estação de rádio, um desafio. Para completar o visual “antigo”, a Toyota optou por um relógio digital antiquado na central multimídia.

Em ambos, a tela é de sete polegadas, mas o kit multimídia da Honda agrada mais. Afinal, o manuseio é semelhante ao de um tablet e o serviço se conecta facilmente a smartphones da Apple ou àqueles que têm o sistema Android. Assim, a utilização de mapas, a reprodução de músicas via bluetooth e a visualização de câmera de ré são funções ótimas.

Itens de fábrica

Os sedãs da Honda e da Toyota saem de fábrica com partida — sem a necessidade de chave nas mãos , câmera de ré, ar-condicionado de comando digital (duas zonas), faróis de LED, bancos de couro de ajustes elétricos (para o motorista), sensores de chuva e luz e central multimídia de 7 polegadas.

No entanto, somente o Corolla tem airbag de joelho para o motorista, o que pode ser um grande diferencial em um acidente. Outra diferença é a TV digital.

O Honda Civic tem lanternas de LED, quadro de instrumentos digital, câmera no retrovisor direito para aperfeiçoar manobras, teto solar (melhora o visual moderno esportivo) e espelhamento de smartphone via Android Auto e Apple CarPlay.

Como visto, Honda Civic ou Corolla são boas opções de sedãs em sua faixa de preço. Embora sejam semelhantes em alguns aspectos, o Honda Civic vence o comparativo, mesmo que o seu preço seja um pouco superior. Afinal, vale a pena pagar cerca de R$ 6 mil a mais por um carro mais divertido de dirigir, moderno, espaçoso e econômico, não é mesmo?

E então, conseguiu se decidir entre Honda Civic ou Corolla após ler nosso artigo? Se você gostou, não deixe de assinar a nossa newsletter para receber conteúdos exclusivos sobre o mundo automotivo em seu e-mail!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"