Você conhece os diferentes tipos de combustíveis oferecidos nos postos de abastecimento?

Antigamente, só existiam três tipos de combustíveis: gasolina comum, gasolina azul e diesel. Porém, com o avanço tecnológico, vários outros combustíveis para carros, motos e caminhões foram surgindo.

Você sabe quais as vantagens e desvantagens de cada um? É o que você vai descobrir com o artigo de hoje. Confira!

Gasolina

Comum

É o combustível mais usado, praticamente idêntico em qualquer posto que você for. Ela contém 27% de álcool em sua composição e não possui aditivos.

Por isso, ela é mais poluente e não elimina os resíduos que causam danos ao motor. Por afetar no funcionamento do sistema de ignição, pode também aumentar seu consumo.

Aditivada

Ela impede o acúmulo de resíduo, além de limpar detritos depositados anteriormente ao abastecimento. Promove também maior economia de combustível e menor poluição do ar.

A gasolina aditivada ainda tem componentes que ajudam na lubrificação, desempenho e vida útil do motor. Porém, não influencia na potência.

O ideal é que a cada três ou quatro tanques você abasteça com gasolina aditivada. Uma troca feita de uma vez pode entupir o filtro de combustível, apesar de não haver problema em usar a aditivada permanentemente.

Premium

É o tipo mais caro, porém com uma queima mais eficiente, fazendo um aproveitamento melhor do potencial do motor. A premium ainda prolonga a vida útil do motor e polui menos do que os outros tipos.

Além disso, sua composição de álcool é levemente menor do que os outros tipos: 25%. É indicada principalmente para motores mais potentes, como os de veículos esportivos.

Formulada

É um combustível mais barato, porém dentro dos parâmetros estabelecidos pela Agência Nacional do Petróleo (ANP). Com ela, existe o risco de haver maior consumo do motor e dificuldade na partida a frio. Postos de gasolina são obrigados a informar na bomba se a gasolina é formulada ou não.

Etanol

Comum

É o álcool veicular, com 4% de água em sua composição. Ele faz um aproveitamento melhor do potencial do motor em relação à gasolina. Entretanto, ele é consumido mais rápido.

Seu preço quase sempre é baixo, porém só é vantajoso abastecer com álcool se ele for pelo menos 30% mais barato do que a gasolina.

Aditivado

Ele é mais caro, porém seu rendimento é 3% maior do que o do etanol comum. Apesar disso, ele pode acabar sendo mais econômico por consumir menos.

Assim como a gasolina aditivada, ele possui agentes que lubrificam e aumentam a vida útil dos componentes do motor, limpando os bicos e evitando o enferrujamento. Entretanto, saiba que os veículos flex já são fabricados com itens de ação anticorrosiva.

Diesel

Comum

É o combustível mais vendido, utilizado em ônibus, caminhões e outros veículos grandes. Sua principal vantagem está no alto rendimento, com grande autonomia e consumindo pouco.

S-10

É uma versão mais cara, porém menos poluente do que o diesel comum. É perfeito para os motores modernos, que atendem as determinações do Programa de Controle à Poluição do Ar por Veículos Automotores (PROCONVE). Os veículos pesados não abastecidos com o S-10 podem emitir mais poluentes do que o normal e ter problemas no escapamento.

Aditivado

Essa versão se difere do diesel comum por possuir aditivos que eliminam resíduos, corrosão e bolhas. Agindo durante o abastecimento, esses elementos permitem o enchimento completo do tanque.

Premium

É um tipo de diesel que contém aditivos multifuncionais que protegem e promovem melhor desempenho do motor. Ele oferece melhor ignição ao veículo e maior facilidade para retomar velocidade.

GNV

O Gás Natural Veicular (GNV) é o combustível que menos polui nesta lista. Além de não ser tóxico, garante a vida útil do motor por mais tempo e é o combustível mais barato, chegando a uma economia de até 60% em relação à gasolina.

Entretanto, os cilindros ocupam boa parte do porta-malas e é necessário que o veículo passe por uma certificação, caso ele tenha que ser modificado. O ideal é que o carro já venha de fábrica preparado para o GNV.

Dentre os tipos de combustíveis citados acima, você já decidiu qual é o ideal para o seu carro? Compartilhe este artigo nas suas redes sociais e ajude seus amigos a dirigir de forma mais econômica, eficiente e menos poluente!

Deixe um comentário

Por favor, seja educado. Nós gostamos disso. Seu e-mail não será publicado e os campos obrigatórios estão marcados com "*"