O que significa comprar um carro completo de fábrica? Veja se vale a pena!

6 minutos para ler

É comum, durante um conversa entre amigos ou, até mesmo, em uma propaganda de montadoras, ouvirmos dizer que o veículo que foi comprado ou que está sendo ofertado na TV é um carro completo — ou, ainda, termos como “completo de fábrica”, “com todos os itens de série”, entre outros.

Parece interessante, mas o que significa, realmente, um automóvel completo assim? Quais itens que já vêm com o modelo, entre os de série e os opcionais? Quais são mesmo obrigatórios?

São tantos nomes, peças e acessórios aos quais devemos nos manter atentos que, às vezes, fica difícil decidir na hora de comprar um novo carro ou saber se estamos fazendo a escolha certa.

Pois agora você pode ficar tranquilo, porque vamos explicar, neste texto, o que é exatamente um carro completo, analisar se vale a pena optar por um modelo com esse, o que não pode faltar no seu veículo e apresentar os diferenciais dos completões da Honda. Acompanhe a leitura e veja como fazer a melhor compra!

O que é um carro completo de fábrica?

Em poucas palavras, podemos dizer que um carro é completo quando ele tem todos os itens de série disponibilizados para ele. Isso porque esses acessórios e detalhes podem variar de acordo com a marca e o modelo do veículo.

Alguns itens que, geralmente, são considerados itens de série são:

  • direção hidráulica;
  • ar-condicionado;
  • travas e vidros elétricos;
  • airbags, incluindo os laterais e os traseiros;
  • freios ABS;
  • kit multimídia;
  • GPS no painel;
  • volante com botões de funções variadas;
  • retrovisores elétricos;
  • teto solar;
  • rodas com aro maior;
  • bancos ajustáveis e também em couro.

Você sabia que o Código de Trânsito Brasileiro especifica quais são os itens obrigatórios de um carro? Basta conferir o Art. 105.

Vale a pena optar por um modelo como esse?

Como você pode imaginar, um carro completo tem muitas vantagens, e é bom, até mesmo, se imaginar dentro de um automóvel com tantas opções de conforto, dirigibilidade e segurança. Mas, é claro, que tudo isso tem um preço — e, na maioria nos casos, costuma ser alto.

Um carro completão tem um custo bem maior do que um carro simples ou semicompleto, mas não deixa a desejar em nenhum quesito. Existem, inclusive, muitos debates sobre o que seria melhor, ao comprar um automóvel: um seminovo básico ou um usado completo? Considerando o desempenho (tendo em vista que os motores são mais potentes), o conforto e demais equipamentos extras, muitas pessoas optam pelo completo, sem dúvidas.

Portanto, se você está com essa dúvida, avalie o que está buscando em um carro e analise todos os fatores que vão pesar no seu dia a dia, como custos de manutenção, gastos de combustível e, até mesmo, o valor de revenda e do seguro.

Quais as vantagens de um carro completo?

Como dissemos, não é por acaso que os carros completos têm um preço mais alto: eles saem na frente (no sentido literal e figurativo) dos mais básicos em vários quesitos. Veja só!

Desempenho

Nem precisamos comparar os motores mais potentes com os 1.0 que podem não conseguir subir uma ladeira, não é mesmo? Os completões com motor 16v são ainda melhores, especialmente para quem vai rodar muito nas estradas. Além disso, os veículos superiores apresentam mais potência e estabilidade.

Segurança

Tirando a parte da própria estrutura do carro, o modelo mais completo traz a direção hidráulica e elétrica, além de uma suspensão mais robusta como grandes diferenciais em relação aos mais básicos.

Vale lembrar que os freios ABS e o airbag são itens de segurança obrigatórios para todos os carros fabricados a partir de 2014, portanto, devem ser observados se você pretende comprar um automóvel usado, para não perder muito dinheiro na revenda.

Conforto

Direção hidráulica, ar-condicionado, vidros elétricos, bancos reclináveis e em couro podem parecer frescura, até que você precise ficar muitas horas dentro de um carro. Então, se passa muitas horas no trânsito ou roda grandes trajetos diariamente, um carro completão vai ajudá-lo a chegar em casa no final do dia “menos quebrado”.

Quais os diferenciais dos completos da Honda?

Se você está buscando por um novo carro, certamente, já deparou com os modelos da Honda que você vai encontrar na HPoint. Afinal, a marca é o sonho de muitos consumidores mundo afora e seus automóveis já têm tudo o que é preciso para garantir o desempenho, a segurança e o conforto que acabamos de citar.

Para começar, a montadora japonesa consegue, como poucos, aliar tradição e tecnologia, e é reconhecida pela confiabilidade, durabilidade e robustez em todos os seus modelos, que figuram sempre na lista dos mais vendidos de suas categorias.

Além dos itens que série que citamos ao longo deste texto, a carroceria dos modelos Honda são exclusivamente formuladas pela mais alta equipe de engenharia avançada, garantindo mais segurança para todos os ocupantes do carro.

Quanto à potência dos carros Honda da HPoint, não basta que eles tenham bom desempenho, os seus motores são feitos para durar. É comum, por exemplo, encontrarmos usados para vender com centenas de milhares de quilômetros rodados. Tudo, claro, com baixo custo e frequência de manutenção.

Por fim, os modelos Honda, naturalmente completões, trazem alta potência e baixo consumo de combustível, em razão de fatores como tecnologia e motores diferenciados.

São todos esses motivos que fazem os modelos da Honda receberem tantos prêmios e certificações, além da própria montadora ter sido eleita a mais confiável do mercado por diversos anos. Nem precisamos falar, portanto, que o valor de revenda dos veículos da marca são bastante interessantes.

Ao escolher seu carro completo na HPoint, você vai ter a certeza, desde o princípio, de que está fazendo a compra certa. E quando começar a ver, na prática, todas as vantagens que falamos aqui, não vai se arrepender de ter escolhido um Honda em uma das nossas lojas para ser o carro da sua família.

Então, que tal conhecer nosso site agora mesmo e conferir os completões que temos para você! Estamos à sua disposição!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Share This