CNH digital: como fazer e utilizar? Aprenda aqui!

6 minutos para ler

A cada ano que passa, a tecnologia se torna cada vez mais presente em nossas vidas. Por isso, aproveitamos o momento para falar sobre uma solução capaz de melhorar a sua experiência no trânsito. Afinal de contas, você sabe como fazer a CNH digital? Caso não, sem problemas.

Por ser uma novidade em termos de documentação, é completamente normal que as pessoas ainda não estejam antenadas no tema. Por isso, elaboramos este post. Aqui, você entenderá as principais curiosidades no assunto. Então, não perca tempo e confira!

O que é a CNH digital?

Como todos sabemos, a legislação de trânsito está em constante atualização. Recentemente, destacamos a transição para as placas do Padrão Mercosul, que facilitam a identificação e o livre trânsito entre os membros desse bloco econômico.

A CNH digital também pode ser considerada como uma dessas novidades. Como indica o nome, trata-se de uma instância digitalizada da Carteira Nacional de Habilitação. Entre outras coisas, o objetivo da CNH eletrônica é oferecer mais praticidade na experiência do usuário.

Para isso, a apresentação da CNH digital carrega a mesma validade jurídica que o documento impresso. Assim, é possível minimizar o número de situações em que os condutores não podem apresentar o documento por tê-lo esquecido em algum lugar.

Afinal de contas, as pessoas estão menos propensas a perderem os celulares do que as próprias carteiras. Além disso, vale lembrar que a CNH digital também oferece uma interface mais interativa do que a sua alternativa impressa.

No aplicativo oficial da CNH digital, o condutor pode até mesmo consultar seu histórico de multas e infrações — o que é tecnicamente impossível de ser feito no documento impresso, a menos que o próprio usuário escreva sobre o papel e o danifique nesse processo.

Da forma como percebemos, a CNH digital sinaliza uma etapa importante na modernização das funções públicas. A digitalização oficial de documentos, como carteira de identidade, CPF, CNHs, DUTs e CRVs é fundamental para alcançarmos sistemas e processos cada vez mais rápidos, simples e desburocratizados.

Tecnicamente, a CNH digital, também conhecida como CNH-e, oferece o mesmo peso jurídico da alternativa impressa, além de também apresentar foto e QR-Code, ambos utilizados em etapas de identificação e checagem. O acesso ao documento é feito por meio de um app oficial e gratuito do Governo.

Como fazer a CNH digital?

Para quem está ansioso com a novidade, saiba que você já pode emitir a sua CNH digital. No entanto, existe um pré-requisito importante, pois é preciso ser portador da última versão da CNH tradicional, ou seja, aquela que já tem o QR-Code no verso do documento.

Além disso, caso deseje fazer o processo inteiramente online, você precisará de um certificado digital atrelado à sua identidade. Caso não tenha esse recurso, a única maneira de autenticar a sua solicitação é indo pessoalmente a uma unidade do Detran na sua cidade. Agora, veja como emitir a CNH digital!

Baixe o aplicativo oficial

Apesar de simples, essa etapa exige atenção, justamente para evitar aplicativos maliciosos que se passem pela solução oficial disponibilizada pelo Governo. O nome do app é Carteira Digital de Trânsito, assinado nas lojas pelo Governo do Brasil. Para facilitar, acesse pelos links abaixo:

  • Google Play — disponível gratuitamente para dispositivos Android;
  • Apple App Store — disponível gratuitamente para dispositivos iOS.

Siga o cadastro

Assim que inicializar o app, você deve selecionar o botão “Entrar com gov.br”, que é a solução de autenticação criada pelo Governo. Aqui, basta inserir CPF e seguir preenchendo as informações. Após isso, basta ativar o cadastro, selecionando “Ativar” no e-mail de autenticação na sua caixa de entrada.

Acesse o app

Depois de ativar o cadastro, você pode retornar ao app e fazer login. Na tela apresentada, escolha a opção referente a adicionar documento. Por ser uma solução em constante atualização e melhoramento, pode ser que o cadastro seja um pouco diferente no momento em que estiver lendo este texto.

Seguindo com o certificado digital

Caso você tenha um certificado digital, poderá escolher as opções “Pelo Celular” e “Com Certificado Digital”. Então, basta utilizar a câmera do dispositivo para ler o QR Code, aquele código gráfico que fica atrás da sua CNH impressa. Depois dessa leitura, o app pede que você realize uma prova de vida.

Apesar de inusitado, o processo é bastante simples, bastando repetir os gestos indicados pela interface do aplicativo, como alguns movimentos de rosto e piscar os olhos separadamente. Toda essa movimentação é registrada pela câmera do celular, que consegue atestar a veracidade da situação.

Depois dessa autenticação, basta informar o seu número celular e criar uma senha PIN de quatro dígitos. Aqui, é importante usar uma senha que seja segura, prática e memorável, pois ela será utilizada sempre que você abrir o aplicativo para consultar a CNH.

Seguindo sem o certificado digital

Na ausência de um certificado, você precisará ir ao Detran para fazer a solicitação. Afinal de contas, trata-se de um processo em que a veracidade de identidade é algo fundamental. No entanto, o procedimento presencial também é bem rápido e sem nenhum custo — desde que você já tenha a última versão da CNH impressa.

Quais são os benefícios da CNH digital?

Por fim, vale a pena falar dos recursos e das vantagens da CNH digital. Em primeiro lugar, destacamos a flexibilidade. O app pode ser utilizado para consultar infrações, verificar a identificação, avaliar os veículos atrelados ao condutor e até mesmo consumir conteúdos de conscientização no trânsito.

Além disso, a versão digital do documento está eternamente protegida das vulnerabilidades do mundo físico. Caso você perca, molhe ou rasgue a CNH impressa, o documento imediatamente perde sua validade, exigindo a solicitação presencial de uma nova no Detran mais próximo.

Mesmo que você perca o celular autenticado para a CNH digital, o documento eletrônico continuará seguro, principalmente pelo PIN de quatro dígitos. Ainda assim, basta acessar o documento em outro dispositivo, cadastrando com a mesma facilidade apresentada anteriormente.

Para finalizar, vale bater de novo na tecla de que a versão digital do documento minimiza a negligência e o esquecimento. Imagine que em um dos trechos da sua viagem, você deixa a carteira no hotel. Caso seja parado, poderá apresentar sua habilitação no próprio telefone. Bacana, não é mesmo?

Agora que você já sabe como fazer a CNH Digital, aproveite para seguir aprendendo sobre outros temas relacionados. Para isso, é só assinar a nossa newsletter!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Share This