Honda HR-V Touring: conheça 5 diferenciais do SUV turbinado!

7 minutos para ler

Nos últimos anos, o mercado automotivo passou por grandes transformações. Além da modernização, a nova era deu destaque aos SUVs, a carroceria do momento. Sendo assim, elaboramos este post para falar de um dos nossos modelos que representam a modalidade, o Honda HR-V Touring!

O nosso objetivo é demonstrar como não apenas essa versão, mas toda a linha HR-V vem encantando o consumidor nacional, entregando o pacote perfeito para o nosso mercado, com desempenho, excelência, durabilidade e estilo. Então, sem mais demoras, continue a leitura!

O impacto dos SUVs no mercado nacional

Como você já deve ter percebido, o mercado está tomado por SUVs. Até porque esse estilo parece ter captado o espírito do tempo, entregando toda a robustez e imponência que os consumidores buscam. Para quem não sabe, vale inclusive olhar para a sigla: Sport Utility Vehicle, ou seja, os utilitários esportivos.

Querendo ou não, esse é o DNA que define os SUVs, que são carros maiores, mais espaçosos e que transmitem uma sensação de segurança amplificada para o condutor e sua família — e a fórmula para isso não é nenhum segredo. Afinal, os utilitários são naturalmente mais altos, promovendo um campo de visão mais amplo e distanciado do solo para quem está dentro do veículo.

Para além disso, também vale destacar um aspecto funcional que fez os SUVs caírem no gosto do consumidor: o conforto nas estradas. Pois veja, combinando o maior curso da suspensão com pneus de maior perfil, os utilitários acabam entregando uma condução muito mais macia do que os veículos baixos.

No fim das contas, essa pareceu ser a solução perfeita para boa parte dos consumidores brasileiros, uma vez que existem muitos trechos de pavimentação irregular ao longo do país. Além disso, a versatilidade dos SUVs permite que os passeios ao sítio ou ao litoral sejam tão confortáveis quanto um trajeto urbano.

A linha HR-V

Então, em pleno 2015, a Honda lançou aquele que seria o carro vendido no seu atual lineup de mercado, o HR-V. Desde sua primeira geração no Brasil, o modelo entregava aquilo que o fez ser absolutamente conhecido e amado pelos proprietários: um desenho elegante, um enorme pacote de equipamentos e a durabilidade natural a todos os modelos Honda.

Atualmente, a família HR-V conta com quatro versões:

  • EX, LX e EXL, com motorização 1.8 aspirada, desempenhando 139 cv de potência com um câmbio automático CVT de 7 marchas; 
  • Touring, com motorização 1.5 turbo, desempenhando 173 cv, também com CVT de 7 velocidades.

Como padrão, todos contam com dispositivos essenciais para a segurança dos ocupantes e as diferenças entre os modelos é composta por pacotes de equipamentos que podem tornar o seu HR-V escolhido ainda mais completo.

Para todos os efeitos, você pode comparar as diferentes versões e seus detalhes diretamente no site da HPoint!

Os 5 principais destaques do Honda HR-V Touring

Dito isso, chega a hora de entender quais são os diferenciais da versão de topo. Afinal de contas, o que faz deste HR-V digno do título Touring, uma nomeação historicamente esportiva no automobilismo? Pois bem, isso é o que você verá abaixo!

1. Performance

Como você já esperava, sim, a esportividade do nome é sinônima de seu desempenho. A versão de topo do HR-V emprega um motor exclusivo na família, 1.5 turbo, capaz de gerar 173 cavalos de potência, empurrando o SUV a 22,4 kgf.m de torque.

Por conta disso, o utilitário de 1.380 kg vai de 0 a 100 km/h em apenas 8,9 segundos. Mas, então, pode ser que você pense: poxa, mas daí a economia foi por água abaixo! Nada disso, caro leitor. Na realidade, existem situações em que o motor turbo é até mais econômico do que as versões convencionais — o que é o caso do HR-V Touring!

Em essência, isso acontece por conta do downsizing. Essa é uma abordagem de engenharia mecânica em que, mediante a aplicação de turbo no conjunto, gera-se maior potência. Por conta disso, o projeto pode equilibrar esse ganho com uma redução do cofre do motor.

Sendo assim, é por essa razão que o 1.5 turbo gera mais potência que o 1.8 aspirado das outras versões — lembrando: 173 cv no Touring e 139 no LX, EX e EXL.

Outro detalhe crucial para a economia é o fato de a potência de tração, o chamado torque, estar disponível em menores rotações. Ou seja, o motor se esforça menos para gerar o mesmo deslocamento.

Novamente, em uma comparação direta com as demais versões:

  • o Touring entrega 22,4 kgf.m de torque logo aos 1.700 RPM;
  • o LX, EX e ELX entregam 17,4 kgf.m em 5.000 RPM.

Mas, então, fica aquela questão: se anda mais, consome mais, certo? Não necessariamente, pois, mais uma vez, turbo e downsizing entram em ação:

  • LX, EX e EXL realizam médias de 11 km/l no trajeto urbano e 12,3 km/l no rodoviário;
  • Touring realiza 11,4 km/l no urbano e 12,6 km/l no rodoviário;
  • considerando abastecimento na gasolina.

2. Tecnologia

Como já é natural a todos os modelos disponíveis na HPoint, o HR-V é mais um veículo Honda que representa a sofisticação tecnológica japonesa. Além de tecnologias e conveniências embarcadas, o SUV conta com uma série de assistentes eletrônicos de segurança que contribuem diretamente para a condução.

Além disso, podemos listar as tecnologias voltadas à comodidade do proprietário, tais como os seguintes sistemas:

  • Smart Entry, chave com sensor que automaticamente destrava as portas;
  • Start/Stop, botão para partida do motor;
  • Cruise Control, sistema de piloto automático;
  • EPB, um freio de estacionamento eletrônico;
  • Tilt Down, programação eletrônica para o rebatimento dos retrovisores;
  • e muito mais!

3. Conveniência

Já por outro lado, podemos avaliar os mimos que o Touring oferece aos seus ocupantes. Entre os destaques, listamos:

  • central multimídia inteligente de 7 polegadas, com câmera de ré multivisão;
  • sensor de chuva com acionamento automático dos limpadores;
  • ar condicionado totalmente digital full touchscreen;
  • sensores traseiros e frontais de estacionamento;
  • bancos ergonômicos para todos os ocupantes;
  • retrovisor interno fotocrômico;
  • teto solar panorâmico.

4. Espaço

Com 2,61 m de espaço entre eixos, o HR-V Touring assume até mesmo o posto de um carro familiar. Tratando-se de bagagem, essa versão acomoda até 393 litros de capacidade. Além disso, o modelo admite até três cenários de disposição dos bancos, por conta da tecnologia Magic Seat:

  • Utility é a disposição em que se rebate a fileira traseira de bancos, ampliando o espaço do porta malas para dentro do carro;
  •  Long é a disposição que, além de abater os bancos de trás, também faz isso com o banco do carona, ampliando ainda mais a capacidade;
  • Tall é a disposição em que os bancos de trás são rebatidos pela metade, acomodando uma boa porção de bagagens atrás do banco do motorista e do carona.

5. Segurança

Agora, vamos à sopa de letrinhas que faz o HR-V um carro absolutamente seguro:

  • LaneWatch, assistente monitor de pontos cegos;
  • AHA, assistente de dirigibilidade ágil;
  • VSA, assistente de tração e estabilidade;
  • HSA, assistente de partidas em cenários inclinados;
  • 6 aribags, sendo 2 frontais, 2 laterais e 2 de cortina.

Por fim, vale destacar que o HR-V é um dos carros com a menor desvalorização em todo o mercado. Além disso, também é importante lembrar que, apesar do motor mais parrudo, o Touring continua sendo um carro de condução dócil e agradável, que proporciona segurança e tranquilidade durante todos os trajetos.

E aí, você gostou deste post contando cada detalhe do Honda HR-V Touring? Então, aproveite para conquistar o seu com o nosso time de especialistas. Para isso, acesse agora o site HPoint e fale conosco!

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Share This