Quais são os efeitos da maresia no carro e como evitá-los?

6 minutos para ler

Quem mora perto da praia ou passa bastante tempo em um lugar assim sabe muito bem como a maresia pode afetar várias coisas na sua casa. O vapor da água salgada é um verdadeiro veneno para muitos objetos, especialmente aqueles feitos de metal. Pegar maresia no carro, por exemplo, pode danificar profundamente o veículo e custar caro na manutenção.

Felizmente, existem algumas coisas que você pode fazer para minimizar esses danos. Basta ter um pouco de paciência e ficar atento a alguns cuidados no seu dia a dia. Com o preparo certo, você pode passar quanto tempo quiser perto da praia sem prejudicar seu veículo.

Quer entender melhor o assunto e preservar melhor seu veículo? Então, acompanhe.

Quais são os maiores danos da maresia?

Como mencionamos, não é bom deixar pegar muita maresia no carro, esteja ele guardado ou em uso. Veja aqui alguns dos principais problemas que você pode ter ao deixar seu veículo sem os devidos cuidados.

Descascar a pintura

Um dos primeiros sinais visíveis da maresia é que a pintura começa a ser corroída e descasca, deixando vários buracos na cor do seu veículo. Além de ser algo bem feio, isso também faz com que a carroceria fique exposta, o que aumenta o impacto da corrosão.

Em todo caso, ter que lidar com um carro mal pintado é sempre ruim. No mínimo, você terá que gastar mais para pintá-lo novamente e deixar toda a superfície com a aparência que deseja.

Ferrugem dos componentes do motor

O impacto mais pesado da maresia no carro certamente é no motor. Em razão da alta taxa de sal no ar, as partes metálicas começam a sofrer com a ferrugem e o desgaste é bem mais rápido, o que pode comprometer permanentemente seu funcionamento e gerar alto custo de manutenção.

Esse é um dos maiores pesadelos de qualquer motorista. Ter de levar o carro ao mecânico no meio de uma viagem de férias, quando preferia estar descansando. Em casos extremos, a maresia no carro pode até levar à perda do veículo, caso ele já esteja bem danificado.

Desgaste da fiação elétrica

Além da parte mecânica, os componentes elétricos, como fiação da bateria, conexão das luzes, rádio, entre outras coisas importantes para seu funcionamento, podem sofrer com a maresia. E, caso não estejam bem protegidas, pode ser que essas peças sejam danificadas muito rapidamente.

O impacto geral desses danos nem sempre é sentido de imediato. Pode ser que você note apenas alguns problemas de estática no seu rádio ou um atraso na partida, a princípio. Porém, pode ser que esses efeitos se tornem mais graves a qualquer minuto e você não consiga nem dar a partida.

Como se prevenir contra a maresia no carro?

Considerando todos esses impactos negativos, é fácil entender por que a maresia é tão preocupante para qualquer motorista. Sendo assim, é importante tomar todas as atitudes necessárias para evitar que ela dê uma grande dor de cabeça.

Veja aqui algumas dicas que vão ajudar você.

Lave o veículo regularmente

O que mais prejudica a estrutura do carro e faz com que ele enferruje é o acúmulo de sujeira, de umidade e de sal do mar. Quanto mais tempo essa crosta de impurezas permanece na superfície do veículo, mais rápido ele começa a se desgastar e causar os problemas que falamos acima.

Felizmente, a solução para esse caso é bem simples: você precisa lavar o carro com boa frequência. Isso remove as substâncias que aceleram o desgaste, evitando que a estrutura sofra mais danos. Lembre-se apenas de não usar substâncias abrasivas, pois isso arranharia o carro de qualquer jeito.

Deixe seu carro guardado em um lugar fechado

Áreas abertas deixam cair muito mais maresia no carro. Por isso, vagas em espaços abertos não são muito boas em qualquer lugar perto da praia. Se você quer evitar esse tipo de problema, então, o melhor a fazer é procurar um espaço fechado para guardar seu carro.

Manter as portas fechadas e seladas é obrigatório. Em alguns casos, vale a pena também cobrir o veículo com uma lona. Isso vai deixá-lo mais seguro contra a maresia, além de evitar que ele pegue poeira e precise ser limpo com muita frequência.

Não dirija sobre a areia

É verdade que, para algumas pessoas, é uma cena muito impressionante e poética dirigir sobre a areia de uma praia, como nos comerciais de TV ou nos filmes. Porém, a verdade é que, além de não ser muito seguro, também é uma forma de acelerar os efeitos da maresia.

Em primeiro lugar, a areia em si arranha a superfície do carro, especialmente a área interna por baixo, o que já danifica sua estrutura. Segundo, a água do mar será jogada diretamente para o interior do veículo, fazendo com que todos os danos sejam ainda mais pesados.

A mensagem é simples: se puder evitar, não dirija na areia.

Faça uma limpeza especial nas conexões elétricas

Como também mencionamos, a parte elétrica do veículo é muito vulnerável à corrosão, o que exige de você cuidado redobrado para evitar que ela fique danificada. Quando falamos da maresia no carro, é importante ter atenção extra com sua limpeza e isolamento.

Existem produtos que você pode usar para remover sujeira e sal dos contatos, além de materiais isolantes que evitam danos. Para prevenir esse tipo de problema, qualquer método é bem-vindo.

Aplique uma película de selamento na pintura

Por fim, mas não menos importante, para proteger a tinta do seu veículo, a melhor solução é buscar um selador. Essa substância é aplicada sobre a tinta do carro, fazendo com que ele fique melhor protegido contra corrosão. Se você fizer a aplicação da forma correta, não deve ter nenhum problema com a sua pintura em nenhum momento, mesmo passando bastante tempo perto da praia.

Agora que você entende melhor os efeitos da maresia no carro e como evitá-los, basta mudar alguns hábitos para evitar problemas. Pequenas atitudes podem gerar grande impacto na hora de cuidar do seu veículo.

E se você já está com alguma problema com seu veículo, entre em contato com a Honda HPoint e conte com nosso auxílio em sua manutenção.

Você também pode gostar

Deixe um comentário

Share This